sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Ponto de Vista...



O Pessimista


Tempo de tempos dificeis,
E dos problemas que não consegui sair...
Ando numa estrada com curvas!
Vivo uma tristeza sem fim!
Avistei lá no fundo a porta,
mas não tinha chave para abrir.

O Otimista (Adriana)

Tempo de tempos dificeis,
E dos problemas que um dia sairei !
Ando numa estrada quase reta
Vivia uma tristeza que um dia acabei!
Avistei lá no fundo a porta,
Não tinha chave, arrombei!

O pensamento é do meu "tio" Cícero, uma alma centrada , no meio de uma familia muito doida!

Um comentário:

João Vitor disse...

Como uma balança

In e Iang (não sei se ta certo)
é aquele o bem e o mal juntos como um só!

adorei o post!