quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Muito Pouco

"Muito pra mim é tão pouco, e pouco é um pouco demais,
muito pra mim é tão pouco e pouco eu não quero mais".

Esses versos andam colados nos meus ouvidos nos últimos dias. Eu não conhecia essa música por não ser muito chegada na Maria Rita.

Um dia, escutei na casa de uma amiga e a letra ficou...

Isso tem um tempo, e na época, estava pra lá de apaixonada por alguém que não valia a pena. O pior é que eu sabia disso!

Mas ninguém imagina como é complicado mudar o rumo de uma vida inteira de "pouco".

Era uma fase de descobertas e busca de mim mesma, vi naquele momento, que a minha vida era feita de metades: meia faculdade, meia vida profissional, amores incompletos...

Como diz um amigo meu "anos e anos de terapia pra curar esse processo"!

Mas agora passado um tempo, as metades estão se transformando em inteiros!

Ufa, mas como doeu!!!

Agora os versos voltam, com outro sentido, mas ainda falando alto.

De todas essas coisas, ainda falta me deixar amar por completo. É como diz os versos de outra música : "Saber amar, é saber deixar alguém te amar"... Eu não sabia. Pensava que sabia, mas não.

Parei de me contentar com as metades, mas quando o "inteiro" chegou, tive medo. Fugi. Demorei pra perceber que o medo era meu. Agora a ficha caiu!

Em 2009 a primeira meta é conseguir me deixar amar. E aceitar o bom!

Como também diz a letra:"As horas nunca andam para trás, todo dia é dia de aprender um pouco, do muito que a vida traz".




Ps: A letra é do Paulinho Moska, que como sempre, "falou e disse"!

PS 2: Essa blogueira que vos fala, está quase ficando maluca de estudar! Em pleno janeiro, Recife com um sol escaldante, e eu enfurnada em casa em meio a NOBs e leis!

Antes que alguém tenha a idéia, vou logo dizendo: Por favor, não me peçam pra explicar o que é uma NOB, pois senão vou ter um ataque de nervos!!!

"Santo Google" há de lhes responder!

5 comentários:

Carolina disse...

Oi bonita, tudo zem por aí?
Vim pra te dar um beijo e bater um papinho.
Feliz 2009 cheio de luz e muiot descanso, pós estudo, claro....
bjos queridos pra ti!

Valéria Martins disse...

Oi, querida!... Como já te disse, acho que és uma mulher muito sabedora do que quer, determinada, e de grande valor. Esses já são muitos motivos para ser amada. Ainda devem haver outros que não sei por não te conhecer pessoalmente. Então, relaxa e deixa a vida te levar, como diz o Pagodinho. Beijão, um ótimo sábado à noite, u-hu-u-u-u-u!!!

ranuzia disse...

é a cada instante estamos diante da nossa limitação...muito bom poder reconhecê-los. Alguns devemos deixar ali outros devemos mudá-los. Bjs e amei seu blog

Fabio Fernandes disse...

É preciso se amar acima de tudo pra conseguir deixar alguém te amar.. Pq assim fica fácil pra avaliar quem a gente deve deixar nos amar..

Só sei que nada pela metade é bom.. a não ser que você tenha dado a outra metade pra outra pessoa.. ;)

Bjokas.

Pâmela disse...

Gostei muito do texto. Às vezes, achamos que sabemos de todas as verdades.
Mas nunca sabemos.
Nos achamos tão sabidos e informados. No fundo, não passamos de crianças, sempre perdidas, em busca do conhecimento.
Boa sorte aí com o seu inteiro. Que as metades se completem e que você descubra que, na verdade, não é uma metade.
Beijo!