terça-feira, 10 de março de 2009



"E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências…


A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.

Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida."

Um comentário:

Angelita Machado disse...

Olá gosto de passear por aqui nos Lugares Comuns! Imagino que talvez sejamos peças chaves para conter a realidade.
Parabéns pela sua avó!

Bjs

Angel